Sepultura: Andreas Kisser comenta "arrependimento" de Max Cavalera sobre marca
20/03/2018 - 7h38 em Música

Há alguns dias, Max Cavalera contou para a Broken Neck Radio que um de seus maiores arrependimentos foi perder o nome Sepultura: "Ele era coisa nossa (dele e de seu irmão Igor), nós o criamos. Seria uma atitude inteligente, ser esperto com suas próprias coisas, não deixar outros levá-las, como aconteceu".

E a Metal Wani perguntou a Andreas Kisser se ele tem algo a dizer sobre os comentários de Max: "Não, de modo algum. O que posso dizer? Fizemos o que fizemos, e ele escolheu seguir seu caminho, assim como nós escolhemos o nosso. O que posso dizer é que arrependimento é algo muito - como posso dizer? - muito ruim para sentir. Veja coisas onde podemos ter uma opinião diferente, ou 'Há dez anos se eu não tivesse ido para tal lugar, teria ido para outro' e coisas assim. Não é um arrependimento e sim uma lição. Você precisa aprender com estas coisas, e não ficar chorando 'Oh, eu deveria ter feito isto, deveria ter feito aquilo', e pensando sobre o motivo pelo qual as coisas são agora, aprendendo com os erros, vamos dizer. Neste sentido eu não me arrependo de nada; apenas tenho momentos de aprendizado (risos). Pois se você se arrepende você nunca deixa aquilo pra trás, vai ficar sempre vivendo em algum ponto de 1996 - eu deveria ter feito isto ou aquilo e tudo mais. É muito ruim pra sua saúde, seu espírito, é ruim pra tudo - relações com outras pessoas e tudo mais. Então prefiro ver as coisas do jeito que eu disse, ou seja, não há arrependimento, mas sim um aprendizado, uma lição. Não é agradável, mas é assim que aprendemos".

 

 

Por Bruce WilliamFonte: Blabbermouth

COMENTÁRIOS