Bruce Dickinson: queria Dio, mas empresário achava ele velho para projeto
06/11/2017 - 0h52 em Música

Em 2000, surgiu a ideia de um projeto chamado The Three Tremors, que juntaria os vocalistas Bruce Dickinson do Iron Maiden, Rob Halford do Judas Priest e Geoff Tate do Queensryche, mas que no fim das contas acabou ficando no meio do caminho, e a única coisa que rendeu efetivamente foi a participação de Bruce e Geoff na música "One You Love To Hate" durante show de Rob Halford em Londres, que acabaria sendo gravada no álbum "Resurrection".

E agora em novembro de 2017, Bruce Dickinson revelou a Eddie Trunk que a ideia original do projeto seria contar com Ronnie James Dio e não Geoff Tate, mas o empresário Rod Smalwood foi contra: "Eu fiquei tipo, 'não vou fazer isto sem Ronnie'. E Rod disse 'Não quero usar Ronnie. Ele é muito velho. Perguntei 'O que você quer dizer com velho? Está brincando comigo? Ele é uma lenda'. Rod respondeu: 'Não. Devemos usar Geoff Tate'. E então nos encontramos com Geoff, e depois eu disse 'Não vai funcionar'. Dito e feito.

Bruce diz ainda que antes de qualquer coisa acontecer os promotores já estavam muito interessados. "Podia ver o dinheiro em seus olhos". E ele revela ainda que a faixa título de seu álbum solo de 2005, "Tyranny Of Souls", foi composta especialmente para este projeto, que mesmo sem sair do papel já havia trocado de nome para Trinity, pois eles temeram serem processados pelo The Three Tenors, trio formado pelos tenores eruditos Plácido Domingo, José Carreras e Luciano Pavarotti, que cantaram juntos, em concertos, durante a década de 1990 e no início da década de 2000.

 

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth

COMENTÁRIOS