The Who: Keith Moon queria uma noitada, acabou voltado para obra de caridade
27/07/2017 - 2h55 em Música

Que os senhores Roger Daltrey e Pete Townshend do THE WHO são engajados em obras de caridade, incluindo décadas de esforços na angariação de fundos através da organização Teen Cancer America, não é nenhuma novidade. Mas Pete Townshend revelou em uma entrevista recente ao Yahoo Music, como tudo começou.

O baterista Keith Moon estava buscando uma companhia feminina. A banda estava em processo de gravação do álbum Quadrophenia quando eles receberam uma ligação da atriz Joanna Lumley. Townshend foi convidado a conhece-la em Londres porém não pode ir, mas disse que enviaria um de seus companheiros de banda em seu lugar e Keith prontamente se ofereceu para ir, pois segundo Pete disse 'Moon esperava se dar bem naquela noite e ter um encontro quente'.

Mas o rumo da história mudou a vida do baterista e seus colegas de banda. "O que ela fez foi convidá-lo para ir a um refúgio feminino, o primeiro no mundo, o abrigo contra violência doméstica chamado Chiswick's Women's Aid, fundado em 1971. E Joanna no fim das contas flagrou Keith limpando os banheiros" disse Townshend. "Ele voltou ao estúdio com os olhos cheios de lágrimas e me disse 'Pete, nós temos que fazer algo por aquelas mulheres!"

A atitude de Keith ganhou um segundo significado para Pete algum tempo depois, quando descobriu que o baterista havia sido autor de 'verdadeiras explosões violentas contra sua esposa' em momentos em que ele suspeitava de infidelidade. Segundo Townshend isso era até irônico porque na verdade era o contrário, Keith era infiel. Ao lembrar dos erros que cometeu ele decidiu pedir a ajuda da banda nessa ação. Porém acabou por estimular uma vida de esforços em prol dos outros: "Começamos a voltar a renda de nossos shows para Erin Pizzey, que foi quem fundou o refúgio. E foi assim que começou o trabalho de caridade para mim e para a banda. Daí em diante, seguimos", acrescentou Townshend. "De qualquer forma, esse foi um ótimo começo. E é uma das melhores lembranças sobre o Keith, porque isso foi algo que realmente tocou o coração dele, do contrário ele teria transformado a situação toda em uma piada."

 

Por Carol Manzatti, Fonte: Ultimate Classic Rock

COMENTÁRIOS